Artigos 6 meses atrás

O saneamento na pauta dos prefeitos

Neste artigo para o Jornal do Comércio, o presidente da Cristalina, Yves Besse, escreve sobre as dúvidas e incertezas que pairam na cabeça dos prefeitos, que necessitam se adequar à nova legislação do saneamento. Precisamos avançar nas mudanças, proporcionando reflexos positivos para as administrações municipais e, em especial, para a população.

O saneamento na pauta dos prefeitos

Yves Besse

Ao longo dos últimos dias temos debatido o tema saneamento com vários prefeitos e gestores públicos. Percebemos o quanto a questão da regionalização trouxe incertezas e dúvidas sobre o que os prefeitos devem fazer para atender a nova legislação. Sejam municípios com prestação direta, por autarquias municipais, sejam municípios com prestação indireta, por contrato de programa com a companhia estadual, todos têm dúvidas sobre os próximos passos para atingir a universalização.

Os municípios que têm seus serviços prestados diretamente por autarquias municipais não sabem se poderão mantê-las ou se deverão conceder seus serviços. Estão na dúvida se deverão atender as metas de universalização, se poderão ter acesso a recursos federais, se deverão aderir ao modelo de prestação regionalizada que deve ser apresentado pelo estado, mas que ainda não foi definido. Os prefeitos não sabem se poderão desenvolver alternativas isoladas ou deverão desenvolver soluções associadas.

O que percebemos é que ainda nos deparamos com muitos questionamentos sobre um tema que deveria ser apresentado com clareza para toda a população. E estamos apenas falando de água e esgoto. Quando acrescentamos os dois outros serviços de saneamento, resíduos sólidos urbanos e drenagem urbana, fundamentais para a qualidade de vida das pessoas, a situação é ainda pior.

Porém, o que motiva e traz esperança é que, finalmente, o saneamento entrou com força na pauta política e está sobre a mesa dos prefeitos. Mérito da nova legislação que foi criada para dar um basta a essa situação calamitosa que há anos nos acompanha. Nunca se falou tanto em saneamento e isso é um excelente indício. O que precisamos, agora, é que os prefeitos estejam preparados e sejam orientados para que as mudanças ocorram da melhor forma possível, tanto para a condução da administração municipal quanto para a comunidade.

Que possamos ver nos próximos meses uma evolução concreta sobre esse tema, com os agentes envolvidos assumindo o devido protagonismo, incluindo os municípios, os estados, o governo federal, os investidores e os prestadores públicos e privados dos serviços. Essa é mais que uma vontade, é uma necessidade de uma população que por décadas espera fazer parte de uma nova história do saneamento.

Presidente da Cristalina Saneamento

https://www.linkedin.com/posts/yves-besse-31334b_nesta-reflex%C3%A3o-para-o-jornal-do-com%C3%A9rcio-activity-6869693986844495872-Mvkv

Notícias

Notícias Relacionadas

Notícia 1 mês atrás

Cristalina vem para integrar soluções e parcerias.

Cristalina é destaque no portal Saneamento Ambiental . “O desafio é enorme e precisamos parar com discussões intermináveis: o público e o […]

Ler mais
Notícia 2 meses atrás

Regionalização é o desafio no novo marco do saneamento

“O Jornal do Comércio publicou entrevista com Yves Besse, Presidente da Cristalina Saneamento, onde ele compartilha a sua visão sobre […]

Ler mais
Notícia 2 meses atrás

O que os olhos não veem o coração precisa sentir urgentemente

Pensei muito sobre este artigo que escrevo como uma pequena reflexão no Dia Mundial da Água. Estava claro que eu […]

Ler mais

Entre em contato e transforme conosco.

Cristalina Saneamento SA 2021 © Todos os direitos reservados.

Av. Carlos Gomes, 400 - Sala 702 | cep. 90480-900 | Porto Alegre | RS | Brasil     Como chegar

+55 51 3110-3633

contato@cristalinasaneamento.com.br